© 2019 Mariana Bandeira

A MULHER QUE COMEU O AMANTE

Livro ilustrado que faz parte da coleção:

3 Contos Ilustrados de Bernardo Élis.

Foi desenvolvimento como parte do TCC (Trabalho de Conclusão de Curso), na FAAP (Fundação Armando Alvares Penteado),

em São Paulo.

 

No conto, a jovem Camélia se arrepende de ter fugido para longe de tudo e ir morar com o velho Januário. Um tempo depois, seu primo Izé, que já tinha sido seu namorado, por acaso chega por lá e revivem o passado. Mesmo o velho não se importando com o caso dos dois, eles decidem matá-lo levianamente.

 

A paleta de escolhida é extensa e colorida, com cores puras e vibrantes que traduzem a juventude, ânsia de viver os desejos e os impulsos de Izé e Camélia.

 

A escolha do vermelho como cor principal, se deve à relação como o sangue presente no assassinato de Januário que foi devorado pelas piranhas do rio e também à ideia de Camélia como mulher fatal.